Sugestões de actuação A CRIANÇA COM DÉFICE DE ATENÇÃO E/OU HIPERACTIVIDADE

A CRIANÇA COM DÉFICE DE ATENÇÃO E/OU HIPERACTIVIDADE

criança

 

(ADHD)

MODIFICAÇÕES NA SALA DE AULA

Devem ser efectuadas modificações na sala de aula que permitam à criança com ADHD, um melhor desempenho. Adicionalmente, estas modificações ajudam as crianças com ADHD a desenvolver mecanismos de compensação, que poderão empregar mais tarde noutras situações.

Nem todas as crianças com ADHD irão necessitar de todas as adaptações seguidamente sugeridas, devendo ser escolhidas de acordo com as necessidades e características individuais de cada aluno.

Não há qualquer razão para que “todas” as crianças numa sala de aula tenham que ter as mesmas tarefas ou a mesma abordagem pedagógica, desde que tenha lugar o ensino dos mesmos conceitos e/ou princípios.

ADAPTAÇÕES AMBIENTAIS

Sente a criança perto do professor.

Forneça uma sala de aulas estruturada, com expectativas claras.

Limite espaços abertos que possam encorajar comportamentos hiperactivos (correr, p.ex.).

Reduza estímulos que levem à distracção.

Crianças com ADHD devem ter aulas preferencialmente de manhã, em turma reduzida.

CRIANÇAS COM ADHD TÊM FREQUENTEMENTE DIFICULDADES EM SEGUIR AS INSTRUÇÕES

Mantenha as instruções verbais curtas, claras e repita-as sempre que necessário.

Forneça instruções escritas (revistas oralmente), para tarefas de múltiplos passos.

Divida as tarefas e o trabalho de casa em pequenas etapas.

FOQUE-SE NA PROMOÇÃO DO SUCESSO

Reduza o trabalho escrito (na sala de aulas e TPC) até aos limites de capacidade e tempo de atenção do aluno.

Permita testes com limites de tempo adequados ao aluno.

Forneça “feedback” formal para reforçar comportamentos positivos (registos no caderno, caderneta do aluno ou ficha de registo própria construída para o efeito).

Recompense os progressos, mesmo que o desempenho seja inferior ao que devia.

AJUDE A CRIANÇA A APRENDER A ORGANIZAR-SE

Estabeleça rotinas diárias.

Ajude a criança a utilizar uma agenda de trabalhos de casa. Liste os deveres, a data da entrega e os livros/matérias necessários. Recorde à criança que deve consultar a agenda, no final de cada dia, para se assegurar que está tudo em ordem.

ALGUMAS CRIANÇAS COM ADHD TÊM DIFICULDADES COM A ESCRITA

Limite a quantidade de trabalhos escritos.

Facilite o uso do computador a crianças mais velhas.

Não dê ênfase excessivo à “apresentação” / erros ortográficos e foque-se mais no conteúdo.

Em certos casos, considere apoio especial dirigido à caligrafia.

AJUDE A CRIANÇA A CONTROLAR OS SEUS IMPULSOS

Lembre a criança com frequência que deve pensar antes de responder ou de executar qualquer tarefa.

Avise a criança que deve sempre verificar os trabalhos antes de os entregar.

MANTENHA E REFORCE A SUA AUTO-ESTIMA

Promova o desempenho em áreas fortes da criança.

Reforce comportamentos e desempenhos adequados em público e em privado.

Não peça publicamente à criança que execute uma tarefa que seja muito difícil para ela.

Foque a sua atenção mais no reforço positivo do que nas respostas negativas.

IMPLEMENTE UM PROGRAMA DE MODIFICAÇÃO COMPORTAMENTAL ESPECÍFICO

Eleja como alvo apenas alguns comportamentos inaceitáveis de cada vez, estabelecendo consequências claras e consistentes. Estas devem ser explicadas à criança em privado.

As consequências não devem ser publicamente humilhantes. Gestos ou sinais pré-combinados podem ser formas de avisar a criança de que o seu comportamento está a “passar das marcas”, antes que sofra todas as consequências. Sinais também podem ser usados para dar “feedback” positivo para comportamentos correctos.

ENSINE A CRIANÇA A SER UM APRENDEDOR ACTIVO

Encoraje ajudas visuais e experimentação como forma de reforçar a aprendizagem.

Ensine leitura activa (sublinhar), escutar activo (tirar notas), ler para procurar detalhes e sub-vocalização (sussurrar) como uma ajuda à memorização.

LEMBRE-SE QUE AS CRIANÇAS COM ADHD, TÊM UMA MAIOR INCIDÊNCIA DE PROBLEMAS DE PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÃO

Forneça apoio dirigido às dificuldades específicas da criança. Em sessões curtas de acordo com o seu tempo de atenção.

Fonte do artigo