Guia dos Recreios para o Pré-escolar

Para que o recreio seja uma experiência positiva, dinâmica e estimulante, apresentamos algumas sugestões de atividades e jogos que se podem desenvolver neste espaço para alunos do pré-escolar.

Atividades para o Pré-escolar

 

O Rei manda

Descrição: Jogar num espaço onde exista uma parede (ou fazer um risco no chão). O rei coloca-se de costas para a parede (ou no risco) e as outras crianças colocam-se, lado a lado, à sua frente. A função do rei é dar ordens que podem variar bastante. As outras crianças cumprem essas ordens, tentando aproximar-se o mais possível do rei. Quem conseguir chegar à parede ou ao risco, em primeiro lugar, será o novo rei. Ao dar as suas ordens, o rei deve começar por dizer, “O rei manda…”.

A título de exemplo pode dizer: “O rei manda dar dois saltos a pés juntos para a frente, um salto de gigante para o lado esquerdo, marchar no sítio, rodopiar duas vezes”, etc.

Material: Nenhum.

A Rede e os Peixinhos

Descrição: Formar uma roda (rede) com alguns alunos de mãos dadas.Os outros alunos (peixes) ficam a uma certa distância da roda formada anteriormente. Os alunos que estão na “rede” combinam um número e chamam os colegas: “PEIXINHOSSSS”.

A partir desse momento os “peixes” vão entrar e sair pelosintervalos da roda. Quando chegarem ao número combinado, a “rede” fecha e os“peixes” que estiverem dentro ficam presos fazendo parte, agora, dessa mesma “rede”. Os alunos da “rede” combinam outro número e voltam a chamar os“peixes”, repetindo a atividade até ficar só um aluno, fora da rede, que será o vencedor.

Material: Material de escrita (caneta, giz) ou fita adesiva caso seja necessário fazer o risco no chão. 

Jogo da Mímica

Descrição: As crianças sentam-se em círculo e escolhem, em conjunto, umacategoria que queiram fazer (animais, personagens de filmes, objetos, etc). De seguida uma delas levanta-se e faz a ação com gestos, sem poder falar, perante os colegas, que terão de adivinhar o que está a fazer. O primeiro a adivinhar será o próximo a fazer a mímica e assim sucessivamente.

Outra forma de selecionar o que se irá imitar é fazer cartões com as palavras e misturar dentro de um saco e as crianças escolhem, aleatoriamente, um cartão. Como são crianças pequenas e, à partida não saberão ler, a educadora terá de sussurar a palavra ao ouvido da criança ou então utilizar imagens nos cartões.

Aqui, deixamos alguns exemplos de palavras:

Ações – cortar, coçar, lavar a cabeça, comer, beber, pentear-se, pintar, escrever, ler, correr, apagar, chamar, varrer, adormecer, tocar tambor, telefonar, etc.

Animais – pato, rato, coelho, porco, vaca, borboleta, crocodilo, girafa, macaco, leão, cão, gato, elefante, cavalo, mosquito, etc.

Objetos – escova de dentes, copo, prato, garfo, borracha, caneta, livro, televisão, telemóvel…

Material: Saco de pano e cartões, no caso de se optar por esta estratégia para a atividade.

Jogo da Escalada

Descrição: Num tapete com pegadas e formas de mãosas crianças têm de colocar os seus pés e as suas mãosnos locais desenhados e escalarem até percorrem o caminho todo e chegarem ao final. Quem se desequilibrar e cair perde o jogo.

Material: Tapete com pegadas e formas de mão.

Bowling

Descrição: As crianças têm de, com uma bola leve, acertar nas garrafas e tentar deitar abaixo o maior númeropossível de garrafas. Este jogo pode ser jogado em equipasindividualmente. Os pontos obtidos pelas crianças podem ter anotados pelo educador para ver qual o vencedor.

Material: Bola e material para fazer os pinos: garrafas, tinta acrílica e pincéis. Podem ser utilizados outros materiais.

Jogo do equilíbrio

Descrição: Cada criança deve andar em cima de uma corda, um tronco ou algo idêntico tentando equilibrar-se. Caso caia ou coloque o pé no chão, perde. O objetivo é as crianças percorrem um caminho em cima da corda ou tronco ao mesmo tempo para ver quem chega primeiro e ganha.

Material: Corda, tronco de árvore ou outro

Jogo do Anel

Descrição: Coloca-se um anel (ou argola de porta-chaves) num cordel comprido,que se ata nas suas extremidades. Depois, as crianças colocam-se em círculo, segurando a corda nas suas mãos. Uma criança sorteada, vai para o meio. O anel é colocado sob a mão de uma das crianças, sem que a que está no meio saiba qual. As que estão em roda, segurando a corda, vão fazendo deslizar o anel pela mesma, de mão em mão.

Todas as crianças que estão em roda cantam, com a ajuda da educadora:

“Vai correndo o lindo anel,a que mãos irá parar? Onde está, onde se encontra, quem o pode adivinhar?”

Quando acabam de cantar a música todos se calam e a criança que está no meio tenta adivinhar onde está o anel, batendo uma palmada na mão que julga esconder o anel. Se conseguir acertar, troca com aquela de funções, senão, continua a mesma no meio.

// Fonte: Guia da Brincadeira – Espaços, estratégias e atividades para dinamizar os recreios escolares

Attachments:
Download this file (Guia dos Recreios_24setVF.pdf)Guia dos Recreios_24setVF.pdf4023 kBUpdate this file (Guia dos Recreios_24setVF.pdf) Delete this file (Guia dos Recreios_24setVF.pdf)