Inspeccionem a Inspecção Regional de Educação

Em terra de cegos...quem tem um olho é Rei

A Inspecção Regional de Educação do Norte não encontrou razões que declarassem que o Leandro fosse uma vítima do Bullying. Iliba no mesmo relatório todos os funcionários dependentes do Ministério da Educação mas reconhece que a Escola tem problemas de segurança.

Não queria que se fizesse uma caça às bruxas mas gostava que a classe dos professores fosse mais imparcial em relação aos casos de vida e morte. Não reconhecer a verdade, colaborada pela mãe, pai, primos e amigos do Leandro é desrespeitar a morte do menino e esconder a cabeça na terra como a avestruz.

Inspeccionem a Inspecção Regional de Educação do Norte porque inquirir 38 pessoas em dois meses e chegar à conclusão que o menino não era vítima, no mínimo não explica porque é que o menino fugiu da escola através das grades, enquanto os "colegas" saíram pela porta da frente, e não explica as suas afirmações: "não aguento mais, vou saltar da ponte". A Inspecção Regional de Educação do Norte não pode ser levada a sério e aguardo pelas conclusões da Polícia Judiciária.

Para concluir neste momento não me surpreende se o Estado recusar indemnizar os Pais do Leandro, tendo por base este relatório.

Notícia do Público