Ingresso, formação e triagem. O Professor Generalista

Exigência no ingresso, na formação e na triagem. São os três momentos que garantem mais qualidade ao ensino.

para

Com mais exigência no ingresso nas licenciaturas, na formação e na triagem final, preparam-se bons professores generalistas, no actual panorama rumamos para o facilitismo e para a diminuição da qualidade do sistema educativo.

O Decreto Lei 43/2007 foi implementado sem a respectiva discussão, foi aprovado no tempo da maioria absoluta do primeiro governo de Sócrates. Lembro-me de estar no meu último ano da licenciatura na ESE do Porto e observar o corrupio de reuniões de trabalho dos meus Professores, estavam a criar os planos de curso para os novos Mestrados. Em tempo recorde criaram o Mestrado do 1.º e 2.º Ciclos, e a ESE do Porto foi das primeiras a ver o seu curso certificado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Como seguiram as orientações do disposto no Decreto Lei 43/2007 a acção deles estava limitada à partida. De facto o Governo de Sócrates não permitiu as condições suficientes para formar bons professores para o 1.º e 2.º Ciclos. Vou analisar os pontos mais críticos da situação actual: 

 

  • Não foi ainda implementado o exame de acesso à carreira docente, um exame que visa restringir o acesso à docência, aproveitando somente aqueles que têm conhecimento elevado em todas as áreas curriculares, apesar de terem uma formação generalista.
  • Precisamos de professores especialistas a EVT, Educação Física e Educação Musical, mas não precisamos da mesma especialização a Matemática e a Língua Portuguesa.
  • Falta também uma triagem ao nível das específicas, hoje em dia, um professor consegue ingressar na Licenciatura em Ensino Básico, com uma nota mínima de 10 valores, e só com o exame de acesso de Língua Portuguesa. Penso que o acesso devia ser limitado a quem tem nota mínima de 14 valores, e os exames de Língua Portugesa e Matemática deviam ser obrigatórios. Neste momento não existe exame de Matemática 12 .º ano, estes são os pré-requisitos para a licenciatura em Ensino Básico:

 

Condições de Acesso
Provas de Ingresso

18 Português
ou
18 Português
17 Matemática Aplicada às Ciências Sociais
ou
18 Português
02 Biologia ou Geologia
ou
18 Português
07 Física ou Química
ou
18 Português
12 História da Cultura e das Artes
ou
18 Português
09 Geografia

Queremos o melhor para os nossos filhos e alunos. Hoje em dia passam tanto tempo na Escola como em casa, é preciso exigir que a qualidade dos professores seja mais elevada. Se desejamos ter professores generalistas eles têm de ter uma selecção e formação mais exigente. No entanto, actualmente está a acontecer o oposto, por exemplo um professor de Matemática do 5.º ou 6.º ano não precisou de estudar matemática no secundário e pode ter ingressado na Licenciatura de Ensino Básico com nota mínima de 10 valores. Eu quero mais do que isto para Portugal.