Câmara de Loulé disponibiliza apoio psicológico a alunos e encarregados de educação

Uma medida de apoio aos alunos e pais afetados pela pandemia.

Numa fase critica da pandemia com escolas encerradas e a maior parte das famílias em confinamento, a Câmara Municipal de Loulé encontra-se a promover o acesso à Linha Educação Solidária (966 951 913), para mais uma medida de suporte à comunidade educativa no contexto pandémico.

Conforme refere a autarquia em nota enviada esta quinta-feira, a linha telefónica destina-se a todos os alunos que frequentam os agrupamentos de escolas do concelho, sendo um serviço de aconselhamento psicológico para os jovens e os encarregados de educação.

Funciona das 9h00 às 20h00 e conta igualmente com uma componente de apoio ao estudo, nomeadamente no acesso a fotocópias, impressões e outros documentos de estudo para os alunos que carecem destes meios.

A medida pretende também "combater a desinformação sobre o coronavírus e atenuar os sentimentos de culpa, medo, ansiedade, assim como amenizar o impacto social da pandemia", diz o mesmo documento. Trata-se de um serviço integrado e prestado pelo Programa de Apoio à Psicologia Escolar (PAPE) contando com o envolvimento dos psicólogos que fazem o acompanhamento psicológico e psicopedagógico a alunos nas escolas.

O município recorda que desde março de 2020, tem lançado um conjunto de medidas de apoio à comunidade educativa que integram a “Estratégia de adaptação da Comunidade Educativa do Concelho de Loulé em Tempos de Pandemia COVID-19”, "promovendo a máxima segurança sanitária, mas também, neste caso, o bem-estar social e psicológico dos alunos e famílias", conclui.

Fonte do artigo