Cinco Métodos para fazer Apontamentos mais Eficazes

Aprender a organizar-se é fundamental para ser um bom aluno.

1.O método Cornell, que exige a divisão do papel em três partes e dedicação do estudante.

método


O método Cornell consiste em dividir o espaço da folha de papel em três partes: a das informações principais, a das palavras-chave e a das relações entre os conteúdos.

método
A técnica do método Cornell sistematiza as anotações e facilita a revisão de conteúdos. Economiza tempo, pois não é preciso passar a limpo. E, segundo especialistas, não tem desvantagens.
método

2. O método das linhas gerais consiste em anotar as informações com travessões e margens. A informação mais geral começa na esquerda; as mais específicas, vão ganhando margens maiores, com indentações. A técnica permite identificar facilmente os pontos principais e secundários da matéria.

método

3. O método do mapeamento utiliza as habilidades de compreensão e de concentração. Os mapas gráficos criados mostram a relação entre os conteúdos.

método
A técnica do método do mapeamento funciona bem em palestras e aulas que exigem a participação. Com um esquema gráfico, é mais fácil ter entendimento imediato da matéria.

4. Método das Tabelas.

 método

Anotar na forma de tabelas torna a busca por informações relevantes bem fácil. Funciona para memorizar fatos ou características do assunto em questão. A desvantagem é ter de dividir as colunas durante a aula, então é preciso clareza e atenção.

5. Método das Frases.

método
No método das sentenças ou frases cada pensamento, fato ou tópico é escrito em uma linha separada. É possível incluir numeração - o que torna o caderno mais organizado do que se fosse dividido apenas em parágrafos.