Alunos da Escola Alberto Iria de Olhão participaram no Climate Action Project

Manuela Valentim Teixeira, professora na escola Alberto Iria, é embaixadora do Climate Action Project em Portugal.

Alunos de turmas do 9º e do 7º ano da escola Dr. Alberto Iria, em Olhão, estiveram entre os mais de 2,6 milhões de estudantes de mais de uma centena de países que participaram no ClimateAction Project e que, ao longo de seis semanas, realizaram diversas iniciativas relacionadas com a luta contra as alterações climáticas.

Este projeto colaborativo gratuito desafiou alunos de todo o mundo «a examinar as causas e os efeitos das alterações climáticas, a participar em intercâmbios virtuais e sessões de apresentação de mentores e propor soluções para a justiça ambiental por meio de serviços, pesquisas, campanhas de defesa e até invenções», segundo a Manuela Valentim Teixeira, professora na escola Alberto Iria e embaixadora do Climate Action Project em Portugal.

No nosso país, a iniciativa envolveu 130 escolas que usaram um currículo e planos de aula elaborados em conjunto com a World Wild Fund (WWF) e traduzidos para português por Manuela Valentim Teixeira, em conjunto com as professoras Inês Rodrigues e Ana Soares, de outras escolas portuguesas.

No agrupamento de escolas olhanense, estiveram envolvidos no projeto alunos das turmas 9º C e 7º A. Estes estudantes «pesquisaram e elaboraram vários trabalhos sobre as Causas e Consequências das Alterações Climáticas, tanto a nível local como a nível global».

Os alunos do 9º C e a professora Manuela Valentim Teixeira organizaram uma campanha de limpeza de Praia, com a ajuda da Câmara Municipal de Olhão e em parceria com o biológico alemão Andreas Noa (TheTrashTraveler) e o seu projeto ThePlasticHike e assistiram ao evento do Dia da Ação Climática com as professoras Manuela Valentim Teixeira e Ana Margarida Santos.

Os estudantes também «realizaram pesquisas sobres as causas, efeitos e possíveis soluções para as alterações climáticas na nossa região e a nível global», «colaboraram em documentos partilhados, debatendo ideias, realizaram vídeos e apresentações semanais» e pesquisaram «sobre o trabalho de ativistas dos oradores do Dia da Ação climática», entre os quais se contaram Jane Goodall e David Attenborough.

«Os alunos do 7º A, juntamente com a professora Lúcia Tardão, plantaram rosas num canteiro na nossa escola, realizaram trabalhos que foram expostos na Biblioteca Escolar. Os alunos de ambas as turmas participaram em sessões virtuais com a Moldávia, Georgia e Brasil, onde partilharam as suas pesquisas, preocupações e possíveis soluções», acrescentou Manuela Valentim Texeira.

No dia 5 de Novembro, estes e os demais jovens participantes portugueses participaram no ClimateActionDa, um evento online gratuito que contou com Jane Goodall, David Attenborough e especialistas do WWF, NASA e ONU, mas também líderes mundiais, entre os oradores convidados.

Na sessão, participou ainda, como orador, João Costa, o secretário de Educação de Portugal, que «aceitou o convite endereçado pela nossa escola».



Fonte do artigo