9 Razões porque é errado encerrar as escolas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro

É errado da parte do Governo determinar o encerramento das atividades letivas e não letivas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, sem decretar simultaneamente o confinamento total.

É errado porque é urgente e fundamental que as escolas não voltem a encerrar. Por isso esta medida, duas vezes "pontual", marca novamente um precedente.

É errado porque não deixa alternativas, a quem tem de ir trabalhar mas não tem a quem entregar os filhos.

É estranho e errado que se escolham duas "pontes" para estas interrupções, marcando ainda mais as diferenças entre os funcionários públicos e os funcionários privados.

É errado porque no sector privado os Pais pagam estes dias de abstencionismo como se de aulas se tratassem.

É muito errado porque nem sequer permitem o ensino à distância, passando assim uma imagem de incapacidade por parte das escolas.

É errado porque os alunos têm os testes de avaliação "à porta" e este encerramento causa também constrangimentos à avaliação.

É errado porque causa um sentimento de isolamento e relembra os "fantasmas" do confinamento total que nunca mais ninguém quer repetir.

É errado porque dá um sinal de desorientação do Governo e em nada irá contribuir para a diminuição dos efeitos da 2.ª vaga da pandemia.

Deixe a sua razão a favor ou contra o encerramento das escolas nos comentários.